CARNAVAL TERÁ COSTELA BOVINA DO ZÉ REEIRA E FAROFA D’ÁGUA DO BUTECO NO BECO NO PROGRAMA “PAPO DE FOGÃO RAIZ”

A temporada de “Papo de Fogão Raiz” volta ao Centro Histórico de Natal para trazer ao espectador iguarias que combinam com o reinado de Momo. Para dar ‘sustança’ ao folião, o programa selecionou a famosa costela bovina com pirão do comerciante e cozinheiro José Flor Sobrinho, mais conhecido por Zé Reeira, dono do tradicional boteco homônimo localizado no Espaço Cultural Ruy Pereira. O apresentador Fernando Amaral também conferiu o passo a passo da farofa d’Água preparada pelo experiente cozinheiro Kennedy Souza, do Buteco no Beco. “É aquela farofa d’água de bolão com gosto de manteiga da terra, do tempo da vovó”, comentou o criador da série  especial que mapeia a gastronomia popular das ruas, feiras e mercados.

O programa será exibido neste final de semana no sábado (26) na Band Nordeste Alagoas 7h e Maranhão, às 11h. E na TV Correio Paraíba, excepcionalmente às 14h30. No domingo (27) o programa vai ao ar no Rio Grande do Norte pela TV Tropical Record, às 10h. O novo episódio e os demais programas da série estão disponíveis no Canal do Papo de Fogão no Youtube – http://youtube.com/c/PapodeFogao

Tradição da antiga rua Profº Zuza , atualmente Espaço Ruy Rereira após a revitalização pela Prefeitura de Natal, o Zé Reeira é um atrativo pela cozinha regional afetiva e por ser espaço para diversos shows e eventos culturais. O Zé começou a carreira nas Rocas, depois passou longas temporadas no Rio de Janeiro e São Paulo como comerciante, voltou para Natal e abriu o restaurante Cinderela, que marcou época nos anos 80 e depois abriu o Zé Reeira. 

Já o Buteco no Beco é comandado pelo Kennedy, que após uma longa carreira em tradicionais restaurantes da cidade decidiu abrir seu próprio negócio no Beco da Lama, reduto cultural que passou por recente requalificação. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.