Semsur moderniza iluminação do Centro Histórico de Natal

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) concluiu mais uma etapa do projeto de modernização da iluminação pública do centro histórico de Natal e seu entorno. A Prefeitura do Natal está substituindo a iluminação atual por LED de alta potência nos bairros de Cidade Alta, Ribeira, além das principais vias e avenidas dos bairros Petrópolis e Tirol. O trabalho acontece de forma paralela com a modernização da iluminação da orla da cidade.  

Além da entrega desta etapa do circuito histórico, a Semsur entregou nesta semana a iluminação da Av. Erivan França, em Ponta Negra, totalmente modernizada em LED. Agora, o município está trabalhando na conclusão da modernização da iluminação da orla da Praia do Forte, além da Ladeira do Sol e os acessos principais de Petrópolis.

Somente no centro histórico e seu entorno, o município substituiu cerca de 1.400 luminárias que integram o projeto de modernização da iluminação. De acordo com o diretor do Departamento de Iluminação da Semsur, Cromácio Barros, o serviço realizado corresponde à melhoria na qualidade da iluminação pública e na sua eficiência. “As luminárias em LED têm um índice de reprodução de cores melhor, mesmo em potências mais baixas, do que as lâmpadas tradicionais. Por isso, elas têm uma qualidade muito superior às antigas”, explicou Cromácio.

No Centro Histórico, as equipes do Departamento de Iluminação Pública (DIP) realizaram os serviços nas ruas Princesa Isabel, Padre João Manoel, Padre Pinto, Mermoz, Santo Antônio, Dom Pedro I, da Conceição e Ulisses Caldas. Também foi realizada a melhoria da iluminação das ruas que circundam as praças André de Albuquerque e Sete de Setembro, além das avenidas Deodoro da Fonseca, Rio Branco, Câmara Cascudo e o Largo Junqueira Aires.

0 comments on “Semsur moderniza iluminação do Centro Histórico de NatalAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Blog do Rodrigo Loureiro