Rio descarta lockdown, suspende aulas e abre shoppings por 24h para evitar aglomeração

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), e o prefeito da capital fluminense, Marcelo Crivella (Republicanos), reuniram-se na manhã desta sexta-feira e anunciaram que o combate à pandemia se dará por meio do aumento do número de leitos em hospitais públicos e fiscalização dos protocolos sanitários. Apesar da alta nos números de casos e mortes de covid-19 nas últimas semanas, eles descartam, por ora, qualquer reversão na flexibilização do isolamento social ou fechamento de comércio e serviços.

Em sua fala, Crivella atribuiu a alta de casos ao processo eleitoral, que teria gerado aglomerações pela capital e o restante do Estado. Um agravante, disse, teria sido amida massiva de fluminenses às praias em finais de semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.