Ex-deputado potiguar deixa Centro de Detenção usando tornozeleira eletrônica

Por William Medeiros.

O ex-deputado federal Laíre Rosado, pai da atual deputada estadual Larissa Rosado (PSDB), deixou na tarde deste sábado (30) o Cento de Detenção Provisória de Apodi, onde estava preso desde março deste ano. Laíre foi liberado com uma tornozeleira eletrônica, segundo informou a jornalista Thaisa Galvão. Aos 72 anos, Laíre Rosado estava preso desde 22 de março deste ano, acusado por lavagem de dinheiro, corrupção passiva e formação de quadrilha.

Detenção se deu em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela 7ª Vara da Justiça Federal de Mato Grosso, que o condenou a 11 anos e 2 meses de reclusão em regime fechado. Alvo da Operação Sanguessuga, Laíre foi condenado na metade do ano passado a cumprir 9 anos e 6 meses de prisão. Em 2006 foi acusado pelo Ministério Público Federal por ter destinado R$ 110 milhões em emendas parlamentares.

*Com informações do AGORA RN*

Foto: Reprodução/Blog do F Silva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.