00Felipe_Maia-_Foto_Jorge_Campos

CCJ APROVA ORÇAMENTO IMPOSITIVO

O Orçamento impositivo foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 03. A proposta visa alterar a Constituição e estabelece que o governo execute o Orçamento da União da forma como foi aprovado pelo Congresso Nacional, evitando a não execução das emendas parlamentares, o bloqueio de verbas ou a transferência de despesas previstas. 

De acordo com o deputado Felipe Maia (DEM), os municípios são os principais prejudicados pelo atual modelo, que não obriga o Executivo a executar as despesas previstas. Com isso, muitas emendas parlamentares não chegam a ser pagas. “Ao longo do ano o Orçamento é debatido exaustivamente e acaba virando uma peça fictícia, viram números num papel, pois o Orçamento não é respeitado”, disse.

O deputado afirmou que dos R$ 20 bilhões de emendas parlamentares do Orçamento de 2012, apenas R$ 5,7 bilhões (27,4%) foram empenhados. Felipe Maia destacou ainda que dos R$ 115 bilhões destinados para investimentos no ano passado, somente R$ 50 bilhões foram pagos.

00Felipe_Maia-_Foto_Jorge_Campos

{module Banner Entre Notas|none}

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.