EM SEIS ANOS DE PROJETO, AL CULTURAL JÁ CONTABILIZA MAIS DE 600 APRESENTAÇÕES DE ARTISTAS POTIGUARES

A realização da 77ª edição do AL Cultural, evento mensal da Assembleia Legislativa, na noite desta quarta-feira (29), trouxe consigo um número expressivo: a apresentação de mais de 600 artistas potiguares, desde sua estreia, em 2005. Música, dança, teatro e artes plásticas integram o projeto, que, em sua forma itinerante, já se deslocou a várias cidades do RN, entre elas Caicó, Currais Novos e Assu.

Nesta edição, o show ficou por conta do artista cearamirinense Tita e Banda. Além do cachê, a Assembleia Legislativa dá apoio logístico para as apresentações. As transmissões ao vivo e reprisadas pela TV Assembleia potencializam a divulgação do trabalho dos artistas. “A Assembleia tem um apreço especial por esse projeto, que tem o respeito da classe artística e já virou uma tradição”, disse Pádua Martins, do Cerimonial, que organiza o evento.

No repertório de João Batista, os clássicos da MPB. O compositor e instrumentista tem 40 anos de carreira e também está lançando o seu quinto CD, gravado ano passado. “Cara metade” é composto de músicas autorais.  No show no Salão de Eventos da Casa o cantor interpreta sucessos de artistas consagrados como Chico Buarque, Tom Jobim, Caetano Veloso, João Gilberto dentre outros. João Batista já foi diretor artístico do instrumentista Ivanildo Sax de Ouro do Brasil.

{module Banner Entre Notas|none}

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.