Prefeitura quer que Governo conclua tombamento do Reis Magos em 72h

A Prefeitura do Natal ingressou com uma Ação Civil Pública na Justiça cobrando que o Governo do Estado conclua, em no máximo 72 horas, o processo de tombamento do hotel Reis Magos. O equipamento, que fica na praia do Meio, na capital potiguar, deixou de funcionar em 1995 e, desde então, está abandonado. O Município ainda pede que, em caso de descumprimento, a Justiça autorize a prefeitura a demolir o prédio.

A confirmação de abertura do processo na Justiça foi anunciada na manhã desta quinta-feira, 31, em coletiva realizada na Procuradoria Geral do Município. O Município reclama que o processo já se arrasta no Governo do Estado há 6 anos.

“O prédio está em ruínas. O valor que está sendo cobrado de imposto é mínimo”, destacou o procurador-geral Carlos Castim. “Se o Município tomasse o prédio, estaria tombando ruínas, e não uma estrutura arquitetônica”, acrescentou Castim, ao também ressaltar que o prédio corre sério risco de desmoronamento. “Ultrapassamos os limite de responsabilidade, da cautela e do bom senso”, emendou.

O procurador-geral ainda reiterou que o proprietário do hotel, um grupo empresarial de Pernambuco, não tem interesse de reformar hotel em função do elevado custo. “Restaurar o prédio seria algo muito difícil em função do estado deteriorado”, disse Castim.

0 comments on “Prefeitura quer que Governo conclua tombamento do Reis Magos em 72hAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *