Menos de um ano após eleições, trocas partidárias mudam cenário na Assembleia Legislativa do RN

Menos de um ano após as eleições de 2018, a composição partidária da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte já não é a mesma e deve sofrer ainda mais alterações nos próximos dias, já que vários parlamentares estão trocando de legenda. São pelo menos seis trocas. Com isso, alguns partidos que não elegeram nenhum representante no ano passado, por exemplo, agora deverão ter representantes no Legislativo. Outros ficaram sem nenhum deputado para chamar de seu.

A mais recente mudança foi a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), nesta terça-feira (20) que permitiu a saída do deputado Hermano Morais do MDB, nesta terça-feira (20). Segundo a assessoria do deputado, ele recebeu alguns convites de partidos como PDT, PL, PSB e Cidadania, mas ainda avalia seu próximo passo.

Único deputado eleito pelo PSL (partido do presidente Jair Bolsonaro) no estado ano passado, o Coronel Azevedo também deixou o partido e, segundo sua assessoria de imprensa, já recebeu convites de vários partidos. Entretanto, o parlamentar estaria mais próximo de fechar questão com o PSC.

0 comments on “Menos de um ano após eleições, trocas partidárias mudam cenário na Assembleia Legislativa do RNAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!