Iphan descarta rever análise técnica para tombamento do Reis Magos

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) explicou que a reabertura do processo que analisa um pedido de tombamento para o Hotel Reis Magos, em Natal, não significa que o órgão reconsidera tombar o edifício.


Em nota, o Iphan ressaltou que o processo só foi reaberto, em maio do ano passado, devido uma solicitação do Instituto dos Amigos do Patrimônio Histórico e Artístico Cultural e da Cidadania (Iaphacc) – autor do pedido original para tombamento -, mas que isso não implica em revisão da “análise técnica” que resultou na decisão, em fevereiro de 2017, pelo não tombamento da estrutura.


Na ocasião, o Instituto do Patrimônio Histórico concluiu que o prédio não tinha valores nacionais, e sim locais. Por isso, não caberia proteção nacional. “Apesar da contextualização do bem no cenário mais amplo do modernismo brasileiro, sua importância está mais relacionada a questões econômicas e da urbanização local”, ressaltou o órgão federal. É esse entendimento que o Iaphacc contesta.

0 comments on “Iphan descarta rever análise técnica para tombamento do Reis MagosAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *