Inclusão de atividades de psicomotricidade nas escolas vira lei em Natal

Criada na década de setenta pelo educador francês André Lapierre, a Psicomotricidade Relacional é uma prática educativa, que permite a crianças e adolescentes expressarem seus conflitos relacionais, superando-os através do brincar, ajudando na formação integral. Através de atividades lúdicas, as crianças são envolvidas em situações que permitem revelar, de modo natural, o que se passa no seu mundo interior, expressando seus desejos, necessidades e dificuldades, sem a necessidade de expressões verbais.

Para garantir o acesso dessas atividades na rede pública municipal, foi sancionado em maio deste de ano, o Projeto de Lei 156/2018, de autoria do vereador Klaus Araújo (SD), que institui na rede pública municipal atividades de Psicomotricidade Relacional nos níveis de Educação Infantil e nas primeiras séries do Ensino Fundamental. 

Para a educadora infantil Maria Anunciada, essas atividades garantem avanços grandiosos na formação das crianças. “Elas vão servir de alicerce para consolidar a construção do conhecimento aliando o corpo e a mente para uma aprendizagem saudável.

0 comments on “Inclusão de atividades de psicomotricidade nas escolas vira lei em NatalAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *