Crânio do Museu Câmara Cascudo terá rosto revelado na 2ª edição da Campus Party Natal

Um dos crânios do acervo arqueológico do Museu Câmara Cascudo, da UFRN, terá o rosto reconstituído a partir de técnicas forenses e será revelado na segunda edição da Campus Party em Natal. O evento acontece de 16 a 18 deste mês no Centro de Convenções.

A ideia de reconstituir a face do crânio, que possui características de ser de uma mulher, surgiu há 3 meses, após o designer Cícero Moraes ter sido convidado para ser um dos principais palestrantes do evento. Moraes e os organizadores da Campus Party entraram em contato com o arqueólogo Moyses Siqueira, Chefe do Setor de Arqueologia do Museu Câmara Cascudo, e iniciaram as conversações acerca da possibilidade de se fazer a revelação. Assim, o crânio foi digitalizado em 3D, por meio de um processo conhecido como fotogrametria.

A própria equipe do museu registrou 72 tomadas fotográficas em círculo para abordar as partes mais importantes do crânio. As capturas foram então enviadas a um software que as converteu automaticamente em um objeto 3D, ou seja, a representação digital do crânio.

O processo de reconstrução facial consiste em utilizar dados estatísticos e anatômicos para, por meio de escultura digital, devolver o rosto ao crânio escolhido. A técnica teve os seus primeiros resultados acadêmicos no final do século XIX, e ao longo dos anos vem se desenvolvendo. O resultado do projeto potiguar será apresentado durante a palestra ministrada por Cícero Moraes, e depois ficará permanente exposto no Museu Câmara Cascudo.

0 comments on “Crânio do Museu Câmara Cascudo terá rosto revelado na 2ª edição da Campus Party NatalAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *