Rogério Marinho defende aprovação do Escola Sem Partido em Comissão da Câmara

Por William Medeiros.

Mais uma reunião da comissão especial da Câmara dos Deputados sobre o Projeto Escola Sem Partido terminou em confusão. A oposição obstruiu a reunião desta terça-feira, 13, com questões de ordem e quando os trabalhos no plenário começaram a sessão teve de ser interrompida. O deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) defendeu o projeto.

“Eles (estudantes) vão à universidade e aprendem que é Marx, Paulo Freire, que a burguesia fede e não aprendem metodologia. Se ele sabe ler e escrever e fazer as quatro operações ele saberá fazer seu juízo de valor”, disse o deputado. Foi então que houve o bate-boca entre os presentes e os deputados.

A reunião foi encerrada sem que o relatório fosse analisado. O projeto que tramita na comissão é de caráter conclusivo, ou seja, caso seja aprovado na comissão, segue direto para o Senado, se não houver recurso que o conteste. O relatório estabelece que cada sala de aula deverá ter um cartaz especificando seis deveres do professor, como “não cooptar os alunos para nenhuma corrente política, ideológica ou partidária”.

 

0 comments on “Rogério Marinho defende aprovação do Escola Sem Partido em Comissão da CâmaraAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Blog do Rodrigo Loureiro