RN corre risco de calote fiscal, aponta Ministério da Fazenda

Por William Medeiros.

O Jornal O Globo destaca nesta terça-feira (06) a publicação de um documento emitido pelo Ministério da Fazenda em que aponta risco de calote para estados em grande dificuldade e cita, especificamente o Rio Grande do Norte. Incluindo a Governadora Eleita Fátima Bezerra (PT), os novos governadores terão pela frente a missão de comandar estados que, juntos, acumulam uma dívida bruta de R$ 908 bilhões. O estoque tem trajetória crescente e subiu R$ 121 bilhões (15,3%) entre 2009 e 2017. Conter esse endividamento será um desafio considerando que os gastos estaduais, especialmente com pessoal e custeio, têm subido num ritmo muito acima das receitas.

O texto do documento aponta que as despesas com pessoal e Previdência, por exemplo, cresceram o equivalente a 6,5 pontos percentuais da receita dos estados entre 2010 e 2016. Quando se soma a esse montante o custeio, a fatia tomada sobre para 9,9 pontos percentuais da receita. Ao mesmo tempo, as receitas ficaram praticamente estáveis no período. “Desde 2013, o conjunto das despesas orçamentárias estaduais é superior ao das receitas, ou seja, o resultado orçamentário é negativo. Com isso, há um aumento do volume de atrasos de pagamentos dos estados, mais um indício da deterioração fiscal desses entes”, afirma o documento.

A matéria completa pode ser lida no: https://oglobo.globo.com/economia/novos-governadores-assumirao-estados-com-divida-de-908-bilhoes-23214966

Foto: Reprodução/Blog do F.Silva.

0 comments on “RN corre risco de calote fiscal, aponta Ministério da FazendaAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *