Deputados do RN criticam fim do subsídio do governo ao preço do milho da Conab

Por William Medeiros.

O deputado estadual Hermano Morais (MDB) registrou, no seu pronunciamento desta terça-feira (06), registrou a decisão do Governo Federal de não mais subsidiar o preço do milho vendido pela Conab – Companhia Nacional de Abastecimento. “Havia a expectativa que até dezembro o subsídio seria prorrogado, mas isso não se concretizou”, declarou Hermano, que conversou sobre o assunto com o representante da Conab no Rio Grande do Norte, Boris Minora. Ele ressaltou que o programa foi reeditado, porém, com o preço da saca do milho passando de R$ 33,00 para R$ 51,66, o que não vislumbra um subsídio governamental.

O deputado Hermano Morais chamou atenção para a crise econômica, lembrando que os estados do Nordeste são formados por regiões secas, e que só o Rio Grande do Norte tem 90% de sua área no semiárido. Ele disse que irá encaminhar a preocupação dos produtores rurais do Estado para o deputado de seu partido, Walter Alves, para que ele se uma a parlamentares de outros estados nordestinos em busca de uma solução.

Em aparte, o deputado José Adécio (DEM) afirmou que o assunto não carece só de reflexão, mas de solução. “É intolerável essa decisão do Governo Federal”, ressaltou José Adécio, solidário ao discurso do deputado Hermano Morais. “Muito oportuno o seu discurso. Vou levar também o assunto ao senador José Agripino (DEM) e ao deputado Felipe Maia (DEM)”, concluiu Adécio.

Foto: Eduardo Maia.

0 comments on “Deputados do RN criticam fim do subsídio do governo ao preço do milho da ConabAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *