Importantes patrimônios públicos do RN seriam vendidos em privatizações para redução do déficit, critica Meirelles

Por William Medeiros.

Ao conceder entrevista à imprensa local nesta segunda-feira (24), o presidenciável Henrique Meirelles (MDB) criticou as propostas de privatização de patrimônios públicos do Brasil para redução do déficit e fez um paralelo com o Rio Grande do Norte citando pontos históricos do estado que podem ser vendidos.

“Vender ativos públicos é uma coisa que pode ser feita, é feita, mas tem que ser feita com muita responsabilidade e bem feito. Não é simplesmente queimando e jogando fora o patrimônio da população e do governo. Existe alguns projetos que foram bem feitos, como por exemplo, a Telebrás que hoje criou-se todo o sistema telefônico brasileiro que é hoje privado, etc, e funciona muito bem. Existe uma série de experiências bastante bem sucedidas. Agora isso não é algo que não pode, simplesmente, vender tudo. Porque nessa conta que se fez de 1 trilhão tem patrimônio público, por exemplo o patrimônio do exército, fortes, etc, tem que vender. Tem que vender o Forte aqui de Natal, aqui que é um patrimônio histórico, por exemplo, tinha que vender. Tinha que vender aí onde está o quartel do exército, tinha que vender também, Base Aérea de Natal tinha que vender também e outras coisas”, afirmou o ex-ministro.

Foto: Diego Vara/Reuters.

0 comments on “Importantes patrimônios públicos do RN seriam vendidos em privatizações para redução do déficit, critica MeirellesAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *