Styvenson sobre as drogas: “Sou contra. Não é pra liberar nada”

Por William Medeiros.

Em entrevista concedida na noite desta quinta-feira (02), ao jornalista Felinto Rodrigues no programa Repórter 98, o pré-candidato ao senado, Capitão Styvenson Valentim (REDE) mostrou seu posicionamento sobre a liberação e dependência de drogas lícitas e ilícitas. Ele defendeu ações na prevenção, fiscalização e endurecimento de leis.

“A gente tem que olhar mais para a questão do dependente químico. Por quê? A gente ta combatendo sempre o final. Mais uma vez, a gente não quer combater só o final”, disse o pré-candidato, que completou: “Sou contra. Não é pra liberar nada. Uma coisa que destrói a vida da pessoa. Já tem o álcool liberado, que é incontrolável e causa um prejuízo imenso a famílias, a estado, a saúde, a segurança”. Sobre o uso medicinal, Styvenson disse que é “outro problema”.

Styvenson ainda defendeu a prevenção da dependência através de exames toxicológicos, sobretudo que pais façam em filhos menores de idade.

Foto: VNTONLINE.

 

 

0 comments on “Styvenson sobre as drogas: “Sou contra. Não é pra liberar nada”Add yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *