Senador natural de município potiguar tem mandato cassado pelo TRE

Por William Medeiros.

Natural de Caicó, o senador que exercia o cargo de senador pelo estado de Mato Grosso foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral. A Decisão da corte eleitoral do Mato Grosso foi tomada na noite desta terça-feira (31) por fraudar a ata de registro dos suplentes na chapa encabeçada por Pedro Taques, na época PDT, e hoje governador de Mato Grosso pelo PSDB. A decisão foi unânime, seguindo o entendimento do relator do caso, o juiz Ulisses Rabaneda. Ele também tentou cassar o mandato de Pedro Taques, mas o entendimento não foi o mesmo por parte dos demais magistrados.

José Medeiros (PODEMOS) assumiu a cadeira no Senado em 2015, quando o então senador Pedro Taques renunciou. Para O TRE, José Medeiros não é o primeiro suplente na chapa que elegeu Pedro taques. O empresário Paulo Fiúza é o suplente originário. “Os poderosos não querem que eu seja candidato e tentam cassar meu mandato, mas a palavra desistir não faz parte do meu vocabulário”, afirmou Medeiros via rede social.

Foto: Givaldo Barbosa / Agência O Globo.

0 comments on “Senador natural de município potiguar tem mandato cassado pelo TREAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *