Policiais que participaram do tiroteio que vitimou Luiz Benes Júnior serão ouvidos em processo administrativo

Por William Medeiros – com informações do G1.

As polícias Civil e Militar devem instaurar, ainda nesta quinta-feira (16), o inquérito criminal e o processo administrativo que irão apurar as circunstâncias, de onde partiram os tiros e as responsabilidades dos envolvidos no confronto armado que vitimou o filho do ex-prefeito de Lajes Benes Leocádio. O jovem se chamava Luiz Benes Júnior e tinha 16 anos. Um dos assaltantes, um adolescente de 17 anos, também morreu. O outro ladrão, que também é menor de idade, foi apreendido.

Com os criminosos foram apreendidos dois revólveres. As pistolas e os fuzis dos PMs que participaram do confronto foram recolhidos e também serão submetidos a perícias balísticas para a identificação das armas de onde partiriam os tiros que atingiram o adolescente. “Tudo vai ser investigado e devidamente esclarecido”, afirmou o assessor de imprensa da Polícia Militar, o tenente-coronel Eduardo Franco.

Foto: Reprodução/Facebook.

 

0 comments on “Policiais que participaram do tiroteio que vitimou Luiz Benes Júnior serão ouvidos em processo administrativoAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *