Após STF negar recurso, Agripino segue réu em processo da Arena das Dunas

Por William Medeiros.

Nesta terça-feira (14), a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou um recurso da defesa do senador José Agripino (DEM) que tentava derrubar a denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República (PGR) que o acusa de corrupção e lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas na copa do mundo de 2014. Com isso, o parlamentar continua réu na ação que é desdobramento da Operação Lava Jato. Apesar disso, nega as acusações.

Agripino teria recebido mais de R$ 654 mil em sua conta pessoal, entre 2012 e 2014, da construtora OAS, é o que argumenta a Procuradoria. A empreiteira também teria doado R$ 250 mil ao seu partido, DEM, em troca de favores.

O democrata teria ajudado a OAS ao destravar repasses do BNDES para a construção do estádio, argumenta a acusação. A ajuda teria ocorrido na suposta interferência para que o Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte deixasse de informar ao BNDES eventuais irregularidades no projeto executivo da obra. Em 2016, o TCE constatou sobrepreço de R$ 77 milhões na construção do estádio.

O ministro Luís Roberto Barroso, relator do recurso, já havia votado em junho para negar o pedido. O caso voltou na pauta desta terça com o voto também contrário do ministro  Alexandre de Moraes, este teria pedido vistas anteriormente. Ele terminou sendo acompanhado pelos ministros Marco Aurélio Mello e Luiz Fux. Rosa Weber não participou da sessão.

Foto: Reprodução/Blog do BG.

0 comments on “Após STF negar recurso, Agripino segue réu em processo da Arena das DunasAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *