Em cárcere, Lula diz que continua desafiando a Lava Jato

Foto: Divulgação.

Por: William Medeiros.

Em carta lida pela presidente do PT, senadora Gleisi Hoffman, na noite desta segunda-feira (16), no acampamento montado no entorno da PF, onde está detido há dez dias em razão de cumprimento da pena de 12 anos e um mês, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirma que está “tranquilo, mas indignado”.

Leia a carta na íntegra:

“Eu ouvi o que vocês cantaram. Estou muito agradecido pela resistência e presença de vocês neste ato de solidariedade. Tenho certeza que não está longe o dia em que a Justiça valerá a pena. Na hora em que ficar definido que quem cometeu crime seja punido. E que quem não cometeu seja absolvido. Continuo desafiando a Polícia Federal da Lava Jato, o Ministério Público da Lava Jato, o Moro e a segunda instância a provarem o crime que alegam que eu cometi. Continuo acreditando na Justiça e por isso estou tranquilo, mas indignado como todo inocente fica indignado quando é injustiçado.

Grande abraço e muito obrigado.

Luiz Inácio Lula da Silva”

0 comments on “Em cárcere, Lula diz que continua desafiando a Lava JatoAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *