aamacaupm

PM´S POR TODO LADO

No entanto, como se trata de uma festa que alcançou grandes números, com uma multidão de pessoas nas ruas, que segundo o major Fernandes alcançou nos sete dias mais de 300 mil foliões, era de se esperar que também fossem registradas ocorrências policiais. Entretanto, o contingente de PM´s que foi colocado nas ruas para proteger os foliões, cerca de 400 PM´s, o maior já vindo à disposição da cidade num período de carnaval, de acordo com o coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, comandante geral da Polícia Militar do RN, contribuiu muito para que a folia macauense registrasse essa impressionante redução de 60% nas ocorrências de 2012 para 2013.

Isso é bem verdade, porque por onde se andasse na cidade, se viam policiais, seja à pé, em viaturas, ou em motos, observando cada detalhe do evento e contendo eventuais distúrbios que ocorriam. Lógico que, nos momentos de maior concentração de gente, como no arrastão dos trios, na praia de Camapum o no Largo de Eventos, se via uma presença maior de policiais, que andavam no meio do povo, ficavam estacionados em pontos estratégicos, prontos para agir a qualquer momento que precisasse.

Ficava, inclusive, PM´s em cima dos trios que passavam no arrastão do mela-mela, acompanhando toda a movimentação das pessoas do alto, com uma visão privilegiada e quando percebiam qualquer anormalidade como uma briga, logo sinalizavam para as equipes que ficavam espalhadas no chão, no meio do povo, seja com uma mira à leizer ou  por rádio, até já identificando os responsáveis pelos tumultos, que logo eram contidos e tirados da festa para não atrapalhar a animação de quem só queria se divertir.

aamacaupm

No Mela-mela, PM´s por todos os lados

aamacaupm2

Majór Fernandes no comando de toda a operação carnaval

{module Banner Entre Notas|none}

0 comments on “PM´S POR TODO LADOAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Blog do Rodrigo Loureiro