SEMOB SE PRONUNCIA CONTRÁRIA A SUSPENSÃO DA INTEGRAÇÃO

SEMOB SE PRONUNCIA CONTRÁRIA A SUSPENSÃO DA INTEGRAÇÃO

Em análise a carta 316/12 – Institucional que solicita a suspensão da integração temporal (PASSE LIVRE) até que haja a Licitação de Transporte Público de Passageiros, a Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, tem as seguintes considerações a ponderar: 

a) Inicialmente, lembrar que o PASSE LIVRE ampliou o sistema de Estações de Transferências. Com o PASSE LIVRE o trabalhador ganhou a mobilidade de continuar sua viagem de casa para o trabalho pagando apenas a primeira passagem de ônibus sem que para isso tivesse que recorrer obrigatoriamente às Estações de Transferência;

b) Com a implantação das Estações de Transferência houve uma melhoria na oferta de transporte aliada a uma racionalização do sistema e conseqüentemente redução dos custos operacionais. No comparativo dos dados entre os anos de 2006 e 2007, a otimização do sistema ficou constatada com redução da quilometragem em 12,70%, o aumento de 3,5% do passageiro equivalente e conseqüente elevação de 13,07% do IPK;

c) O PASSE LIVRE veio consolidar essas melhorias não só para a população usuária como também para os operadores, uma vez que foi ampliada a racionalização do sistema de transporte e conseqüente redução dos custos operacionais;

Pelo exposto, a Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, se pronuncia contrária a essa solicitação por entender que o equilíbrio econômico financeiro pleiteado não pode ocorrer de forma a prejudicar drasticamente os usuários que necessitam da integração temporal nos seus deslocamentos diários, e que tal equilíbrio deve ser buscado através do reajuste tarifário proposto pela SEMOB. 

Prefeitura do Natal

Secretaria Municipal de Mobilidade UrbanaNatal,

17 de setembro de 2012.

{module Banner Entre Notas|none}

0 comments on “SEMOB SE PRONUNCIA CONTRÁRIA A SUSPENSÃO DA INTEGRAÇÃOAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Blog do Rodrigo Loureiro